class="post-template-default single single-post postid-3981 single-format-standard"

I.T.L.S. Pré-Hospitalar na Área de Trauma – Avançado

CURSO: I.T.L.S. ADVANCED – MÓDULO AVANÇADO
Curso Pré-Hospitalar na Área de Trauma

Formação acadêmica: nível superior
Público alvo: médicos, enfermeiros e acadêmicos a partir do 7° período para enfermagem e 9° período para medicina
Carga horária: 16 horas de atividades teórico-práticas
Livro utilizado: International Trauma Life Support – I.T.L.S.
Certificação: International Trauma Life Support – I.T.L.S.

Coordenação Acadêmica: Dra. Rosemary Provenzano Thami
Médica Socorrista do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro
Especialista em Gestão Estratégica em Saúde

Objetivo central do curso: atendimento sistematizado nos primeiros dez minutos e durante o transporte de um paciente vítima de trauma. Atendimento inicial ao politrauma, com postura profissional adaptada aos tipos de eventos possíveis, no seu contexto real do mundo do trabalho. Estar ciente da necessidade de tomada de decisão rápida e diferenciada.

Manuseio dos principais equipamentos usados em reanimação ao trauma no contexto pré-hospitalar.

Habilidades:

  • Bases tecnológicas para as estações práticas contextualizadas;
  • Fornecimento de oxigênio suplementar utilizando diferentes tipos de equipamentos;
  • Via aérea básica e VA avançada;
  • Manuseio básico das vias aéreas com dispositivos auxiliares: técnicas de ventilação no adulto. Uso de cânulas oro e nasofaríngeas;
  • Demonstração para o acesso avançado emergencial às vias aéreas no adulto: intubação oro traqueal. Uso da máscara laríngea e do Combitube;
  • Confirmação primária e secundária da colocação da via aérea avançada. Identificação de intercorrências relacionadas à intubação (obstrução, pneumotórax, extubação, falha de equipamento, etc);
  • Interpretação clínica da oximetria de pulso. Problemas comuns na sua leitura;
  • Técnicas de monitoração cardíaca;
  • Técnicas, indicações e cuidados em imobilizações no trauma;
  • Exame da vítima. Exame primário ou rápido, secundário ou detalhado e de reavaliação;
  • Condutas no atendimento ao trauma de: tórax, cabeça, abdome, coluna, extremidades, queimaduras, trauma do idoso, gestante e crianças;
  • Discussão de casos clínicos comentados, através de estações práticas;
  • Estabelecer uma organização de atitudes prioritárias e cuidados iniciais ao politrauma no contexto se seu próprio ambiente de trabalho. Correlacionar o exame da vítima com os possíveis diagnósticos. Após esta abordagem inicial e sistematizada, saber traçar uma tomada de decisão;
  • Habilidades de comunicação verbal e escrita de forma técnica para uma apresentação/descrição do caso clínico, condutas iniciais realizadas e evolução, através de diferentes meios de comunicação disponíveis;
  • Realização, interpretação e objetivos do exame primário ou rápido e secundário ou detalhado no trauma. Reconhecer uma vítima estável e instável. Critérios clínicos de instabilidade. Identifcar e reverter, quando possível, situações com risco de vida imediato, principalmente relacionada a problemas ventilatórios e circulatórios.  Importância do exame de reavaliação clínica;
  • Casos clínicos comentados e sempre que possível, extraídos do contexto do trabalho;
  • Exame primário e secundário. Conclusões sobre manobras prioritárias de reanimação;
  • Capacidade de reconhecimento de situações com risco de vida potencial e/ou imediato;
  • Avaliação prática e teórica de desempenho, de acordo com as habilidades adquiridas.

Critérios de avaliação:

  • Todos os critérios de avaliação são centralizados, de acordo com diretrizes internacionais da Instituição, ou seja, o Chapter não tem autonomia para modificar estes parâmetros de avaliação.
  • A recertificação deverá ser feita a cada dois anos.
  • São constituídos de prova teórica e prática. São atribuídos valores quantitativos (prova teórica) e qualitativos (prova prática).
  • Valores qualitativos para a prova prática: ADEQUADO, BOM, e IP (Intructor Potencial ou Excelente, com potencial para ser instrutor). O percentual mínimo para aprovação na prova escrita é de 74% (setenta e quatro por cento).

TODOS OS PROCEDIMENTOS AVANÇADOS MENCIONADOS NOS CURSOS SÃO PRERROGATIVAS PRIVATIVAS DE MÉDICOS, conforme Resolução CFM nº 1.718/04, art. 1º.


Documentos Necessários

  • Contrato educacional preenchido;
  • Cópia da carteira de identidade
  • Cópia da carteira profissional (CRM ou COREN), se for o caso
  • Cópia do comprovante de residência

Realização das Provas

As provas escrita e prática serão realizadas no 2º dia do curso.


Aviso Importante

Material didático: É de inteira responsabilidade do aluno adquirir o livro com antecedência mínima de 15 (quinze) dias para leitura prévia. O livro/apostila do curso será entregue mediante quitação da primeira parcela do pagamento. O material deverá ser retirado na Secretaria Acadêmica do CITE Med, ou enviado por Sedex, sendo que neste caso as despesas de remessa serão por conta do Contratante;

Da desistência e remarcação do curso: Com até 20 dias de antecedência ao inicio do curso e com a devolução do material didático, mediante e-mail fundamentado, fará jus ao reembolso integral do valor pago, desde que devidamente comprovado o seu pagamento. Com até 10 dias de antecedência ao início do curso e com a devolução do material, mediante e-mail fundamentado, fará jus ao reembolso de 50% do valor pago, desde que devidamente comprovado seu pagamento. Solicitações encaminhadas após este prazo não estarão sujeitas ao reembolso do valor pago, nem remarcações;

O Centro Integrado de Treinamento em Emergência – CITE Med se reserva o direito de alterar a data de início do curso, na hipótese de não ter atingido o número mínimo de alunos necessários à cobertura dos custos envolvidos, sendo garantida a matrícula na próxima turma do curso.